Artigo: A Estação de Renovação das Penas ( Muda )

Uma visão pessoal sobre este tema

A estação de renovação das penas

Como ocorre todo ano, está chegando a época da muda de penas.

Alguns amigos costumam olhar para esta estação com grande descanso. Já que os machos não estarão cantando, nem as fêmeas estarão reproduzindo, decidem adoptar um procedimento desleixado.

É para estes amigos, menos cuidadosos da necessidade de maiores cuidados nesta fase que alertamos: o preço deste descuido será pago na temporada seguinte, com pássaros debilitados e performance prejudicada.

Deveríamos entender a muda de penas como a “estação da renovação”, pois é o momento de recuperarmos um pássaro, garantindo mais disposição e fogosidade futura.

Muda não é doença, quando ocorre na época correcta (JULHO/AGOSTO), embora debilite o organismo do pássaro. Deve ser encarada como doença, quando ocorre fora de época. A ocorrência desta hipótese, poderá ser devido a um manejo inadequado, e, ou, debilidades orgânicas. Substituições bruscas na dieta alimentar, também podem provocar a queda de penas.

O que diferencia a “muda fisiológica” da “muda patológica” é a sua ocorrência dentro da estação que empiricamente sabemos ser correcta, fruto de longos anos de convivência com os pássaros.

Percebemos mais facilmente a chegada da muda nos machos, pois ele produz menos cantos, ou interrompe suas manifestações canoras. Já nas fêmeas, mesmo tratando-se do principal activo de um criatório, só percebemos que estão trocando suas penas, quando elas são encontradas no fundo da gaiola.

Porque e quando os pássaros mudam de penas ?

As penas, são anexos de extrema importância à sobrevivência dos pássaros: são imprescindíveis para exercer o vôo; ajudam na regulação de temperatura do corpo; auxiliam como barreira de protecção à penetração de micro organismos; auxiliam as fêmeas na incubação dos ovos e nos machos, tem um papel importante nos cortejos de acasalamento.

A necessidade das penas serem renovadas anualmente, deve-se ao desgaste que elas sofrem com atritos nas grades da gaiola, comprometimento funcional pelo ataque de ectoparasitas (piolhos e ácaros) e pela perda de plasticidade.

O processo de renovação das penas é lento, e a quantidade que estarão sendo renovadas a cada momento, está condicionada a condições ambientais e às condições orgânicas do pássaro.

A renovação se inicia através de mudanças hormonais no organismo do pássaro. Estas alterações hormonais, ocorrem por estímulos que são induzidos, a partir da redução do período de luminosidade durante o dia e oscilações na temperatura.

No entanto, não podemos desconsiderar o stress causado pelo desgaste oriundo da intensa reprodução, ou mesmo, decorrente da intensa actuação durante a temporada de competições.

Vale destacar que pássaros com melhores condições orgânicas vencerão melhor esta fase, se comparado, com aqueles que iniciam-na desgastados. Muitos poderão não suportar este período e morrer.

Não nos ateremos à pequena muda que ocorre em pássaros novos (até 4 meses de idade), comum chamada de muda de ninho, uma vez que ela não promove desgastes e muito menos inspira tanta preocupação, passando muitas vezes despercebida pelas poucas penas que são renovadas.

Cabe ressaltar que o criador deve manter-se vigilante, com os machos e as fêmeas indistintamente, pois ambos terão funções importantes na próxima temporada.

É comum observamos na residência de alguns amigos, que quando um pássaro entra na muda, ele engaveta o pássaro (como se a necessidade de luminosidade deixasse de existir), tira a água de banho, reduz a alimentação a um mero alpista ou fubá, ou, estabelece uma dieta com alto teor de gordura.

Obviamente devemos nos acercar de cuidados: com as correntes de ventos, variações bruscas de temperaturas, bem como, evitar empobrecer a dieta.

Pincelando algumas informações da literatura, destacamos que:

- Para a formação das penas as células usam proteínas, aminoácidos, energia e vitaminas, assim como sais minerais.

- No processo de muda, a pele deve receber nutriente, em quantidades suficiente para formação de penas sadias. Esta pena sadia deve ao sair do folículo ir desabrochando suas bárbulas.

- O fígado é um órgão vital, para o metabolismo dos nutrientes e formação das penas na ave. O bom estado do fígado, reflecte em um empenamento adequado. Casos de problemas de penas podem estar intimamente ligados ao estado de funcionamento deste órgão.

- Usamos muitos complexos vitamínicos com biotina (vitamina H), protectores hepáticos, suplementos de aminoácidos.

- Devemos fazer controle de parasitas intestinais, e bactérias que acometem o fígado.
Como vemos a época de pagarmos o “couvert” pelo canto dos nossos pássaros, e, identificamos nossas fêmeas pelos filhotes que foram gerados, é na “estação de renovação” das penas.
Com estas medidas garantimos que o pássaro tenha uma bela plumagem, aproveitando para reabilitar alguma deficiência orgânica que possa estar presente no pássaro.

Num ambiente adequado para a ocorrência de boa muda, certamente os pássaros terão sossego, não recebendo estímulos desnecessários tais como, esfregar fêmea para forçar o macho cantar.

Alguns amigos preferem reunir num viveiro, grupos de fêmeas que lá permanecerão durante a muda, tentando reproduzir o cenário que observamos no ambiente natural. O viveiro certamente contribui para atenuar o stress, nos momentos em que ocorre a aproximação do tratador. A desvantagem, é perceber que assumiram provisoriamente um comportamento mais arisco, quando as levamos de volta para gaiola individual, após o encerramento da muda.

No manejo com os CTs, durante o período de muda, costumo adoptar a seguinte dieta:

Farinhada: um comedor de unha diariamente;
Complexo vitamínico: 3 vezes por semana na água do bebedouro;
Complexo de aminoácidos: todos os dias na água do bebedouro.

Não custa lembrar que o macho que faz uma boa muda, retorna na alta temporada com muita fogosidade para o canto, e, sem o risco de não conseguir fertilizar os ovos. Para as fêmeas, reduz o risco de não entrar no ciclo reprodutivo, e botando a quantidade de ovos que sua genética permite.

18 comentários:

  1. qual a diferença entre o macho e a femea filhete

    ResponderExcluir
  2. O meu canário entrou na muda no final de fevereiro,perdendo até as penas do rabo, mas eu acabei de comprar ele, pode ser o estresse causado pela mudança, ou pelo transporte?
    Eu estou dando ovo 1 vez por semana e vita gold na água de 3 em 3 dias, no mais dou frutas e verduras variadas 5 dias por semana, e faço uma mistura na ração que envove 6 sementes diferentes, aveia, linhaça,alpiste, e etc. sempre mantendo 75% da ração de alpiste.
    Aqui está fazendo muito frio nesses dias, devo ter algum cuidado adicional?
    Ah, ele vale dizer que apesar de ser bem medroso, ele está aprendendo a cantar muito bem, é bem ativo e não aparenta nenhuma doença.

    ResponderExcluir
  3. Eu possuo um canário belga que cantava demais, entretanto, mudei para o norte (Porto Velho) e o passarinho iniciou uma muda de pena violenta há mais ou menos 3 meses e não para de cair as penas, além disso diminuiu violentamente a o canto. O que devo fazer, pois é a primeira vez que crio canário, sempre criei curió e é bem diferente.
    Alguém pode me ajudar?

    Desde já agradeço

    Silva

    ResponderExcluir
  4. queda de algumas penas é normal? Pois diariamente quando vou fazer a higiene da gaiola vejo alguas penas caidas(nada em exagero) é um sinal de muda ou é normal?

    ResponderExcluir
  5. Tenho um canario Belga a 2 anos e parece que agora q está entrando na primeira muda. Ele continua arisco, cantando sem parar, bem espertinho. Mas quando chego a noite, tem penas por todos os lados, caindo bastante, ate a pele do pescoço dele ja ta aparecendo. É muda mesmo? É normal ele ta assim arisco se for muda? Que cuidados devo ter?

    ResponderExcluir
  6. Meu belga (macho) cantava sem parar, um lindo canto. Precisei viajar e o deixei com um amigo, para minha tristesa depois de 10 dias quando voltou, sua gaiola antes 100% limpa, voltou tda suja, estava sem comida,sem sua banheira com agua filtrada,um horror. Refiz tudo,lavei e voltei com o alpiste,painço,jilo, mas sua preferencia são as folhas, come duas de alface sem parar, suas penas estao caindo e eu nao sei oq fazer, parou radicalmente de canatr, so pia.
    Alguem pode me ajudar? obrigada, Adriana.

    ResponderExcluir
  7. queria saber se macho papacapim faz muda

    ResponderExcluir
  8. Ei amigo!Pode me ajudar? Tenho alguns Belgas e entre eles há um com problema que nao sei resolver e muito me preocupa: ele tem +-5anos, cantador, bom reprodutor, lindo ,amarelo ouro. De repente, parou de cantar, fica mais no chão da gaiola,e perdeu penas do pescoço e algumas da cabeça . Dei Vita Gold, não resolveu.Ele come alpiste , farinhada, almeirão,couve,jiló(as vezes),não perdeu o apetite.Que faço? Preciso de sua ajuda.Obrigada, Maria Elisa.

    ResponderExcluir
  9. Tenho um canário belga há um ano. Canta belamente, mas desde novembro - após uma viagem de trabalho - ele começou a trocar as penas e o canto diminuiu drasticamente. No início de janeiro voltou a cantar ( não como antes), mas agora em fevereiro as penas voltaram a cair. Continuo com as vitaminas e ele não parece triste. Gosta muito de couve e ama maça. Dou também uma gema uma vez por semana. Estou preocupada porque Li que a uda deve durar 8 semanas. Este tempo já passou. O que posso fazer? Devo procurar um veterinário?

    ResponderExcluir
  10. comprei um canário belga em uma loja. Ele é filhote e tenho percebido que após 01 mês comigo ele passou a soltar penas. Será que estamos na época da muda ? E outra dúvida, ele não está cantando, somente solta alguns piados quando houve o canto de outro pássaro. O que faço para os dois problemas ?

    ResponderExcluir
  11. tenho 79 canario todos estao na muda

    ResponderExcluir
  12. Tenho um calopsita, com a muda das penas
    parou de assobiar e falar é normal?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  13. oi eu tenho um canário do reino que entrou em troca de pena antes do natal e até agora ainda continua isso é normal por favor me responda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sueli,

      Não é normal. Procure em lojas especializadas uma vitamina para muda. Sei que existe outra a base de iodo que é para muda encruada, mas não sei se este é o caso. Converse no local qual das duas é a mais indicada.

      Excluir
  14. Nao da diariamente alface po seu canario alface e calmante procura da verdura amarga almerao cove rucula rilo etc na traco de pena das aves procura limpa todos os dias as gaiola di preferecia lave tdo ok

    ResponderExcluir
  15. to com um casal de canario mais o macho esta triste pq afemia esta no ninho isto é normal

    ResponderExcluir
  16. to com um casal de canario mais o macho esta triste pq afemia esta no ninho isto é normal

    ResponderExcluir